quarta-feira, 9 de março de 2011

PRODUÇÃO RECORDE DE MEL EM 2010 FAZ CEARÁ ASSUMIR LIDERANÇA NACIONAL











                                                                       

                     


                                           



Ceará assume liderança da produção do mel em ano recorde

Exportação do mel brasileiro fechou 2010 com aumento da receita de 54,2%; Nordeste respondeu por 41,37% da produção.
Related Posts with Thumbnails
Foto: Bernardo Rebello.

Compradores.
Os Estados Unidos foram o principal destino das exportações do mel brasileiro, com um total de US$ 3.941.588, respondendo por mais da metade (71,3%) da receita total das exportações, pagando o melhor preço, US$ 3,35/kg.
Em relação a produção interna, o Nordeste respondeu sozinho por 41,37% das exportações brasileiras de mel, com US$ 2,29 milhões. O Ceará assumiu a liderança com uma exportação de US$ 1,41 milhão, seguido pelo Rio Grande do Sul, com US$ 1,11 milhão. São Paulo, que vinha liderando o ranking, caiu para o terceiro lugar, com US$ 958,48 mil.


As exportações do mel brasileiro fecharam 2010 com aumentos da receita de 54,2% (US$ 5,53 milhões) e do volume de 48,3% (1.650.737/kg), na comparação com novembro do mesmo ano, conforme levantamento do Sebrae.O preço médio do produto estabeleceu novo recorde, atingindo US$ 3,35 o quilo. O aumento foi de 8,7% em relação ao valor pago em novembro (US$ 3,22/kg) e de 28% se comparados ao mesmo período do ano anterior (US$ 2,75/kg).


Dois estados obtiveram preços acima da média nacional de US$ 3,35/kg: Ceará (US$ 3,92/kg) e Minas Gerais (US$ 3,59/kg). O melhor preço foi  praticado pelo Ceará, provavelmente, por se tratar, em grande parte, de exportação de mel orgânico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário